Skip to main content
Performance

10 dicas para aumentar as conversões

By 18/05/2015abril 6th, 2022No Comments
dez - 10

Não basta ter uma boa presença online. Em tempo de crise, é preciso trabalhar muito e aproveitar cada oportunidade de negócio. Promoções e otimizações têm que ser permanentes para você se destacar da concorrência. Quanto mais você aumentar a conversão, maior o seu ROI – e mais dinheiro vai entrar para expandir seu negócio e investir mais, criando um ciclo virtuoso de lucro, que sempre é bom.

  1. Deixe a informação te guiar
    Provavelmente seu pacote de analytics está te entregando uma boa taxa de conversão. Enquanto isso é bom para o seu benchmark, você terá informações mais interessantes e sobre as quais poderá agir – assim que segmentar a informação. Quais navegadores convertem mais? Quais canais estão convertendo mais? Como está seu desempenho em mobile? A informação vai te indicar qual a melhor estratégia e onde colocar seus esforços.
  2. Campo de buscas
    Existe uma ótima razão para os maiores players do e-commerce oferecerem caixas de busca grandes e em destaque – eles sabem que as pessoas que fazem buscas estão mais propensas a comprar. Se seu site tem milhares de produtos, seus clientes precisam de uma forma eficiente de encontrar o que desejam, pois a navegação do menu pode não ser suficiente. Aliás, dica de ouro: quanto menos passos você usar no checkout, mais alta a taxa de conversão.
  3. Resposta emocional
    Se você conseguir despertar respostas emocionais, a intensão aumenta três vezes nos comerciais de TV; duas vezes no impresso. Não existe nenhuma razão para isso não ser aplicável ao seu site. Mais que publicar apenas imagens dos produtos, use imagens com gente, algo com o que seus clientes se identifiquem (veja nosso post sobre isso aqui).
  4. Imagens
    Invista em imagens profissionais e maravilhosas. Seu site é a sua vitrine, seus produtos precisam brilhar e chamar a atenção. Do mesmo jeito que as lojas usam a iluminação para destacar produtos, suas imagens precisam ser claras, bonitas, com boa resolução e cores fortes.
  5. Defina seus funis de compras
    O cliente está pronto para comprar, colocou o produto no carrinho e abandona o processo no check-out… por que? Configure os funis de compra no analytics para saber onde os clientes abandonam o carrinho e trabalhar na questão.
  6. Teste, teste, teste seu site
    Quantas vezes você comprou em seu próprio site? Faça a experiência e surpreenda-se com o que vai descobrir quando usa o site como cliente. Teste seu site extensiva e intensivamente para descobrir questões técnicas ou de usabilidade que precisam ser corrigidas.
  7. Mobile em primeiro lugar
    A tendência é que mais da metade das visitas sejam feitas num celular/tablet e esse volume tende a aumentar (as vendas de desktops estão caindo e as de celulares não param de crescer). Este item é fundamental para todos os sites hoje.
  8. Use a familiaridade a seu favor
    A menos que você seja líder em seu setor, com a liderança do mercado, ser muito diferente da concorrência pode custar muito às suas conversões. Acompanhe sempre a concorrência e verifique como estão usando os filtros, como é seu processo de checkout, o que está em destaque nas suas homes. Assegure-se de oferecer uma experiência similar à da concorrência – e trabalhe para melhorar cada parte do processo.
  9. Confiança
    Seu site é confiável? Há quanto tempo está no ar? Você destaca a experiência de seus usuários e as questões de segurança? O usuário vai confiar que seus dados pessoais e financeiros estão sob bons cuidados? Quais são as suas políticas de troca? Cada um destes detalhes dá segurança e aumenta as chances de compra.
  10. Mais testes
    Você trabalhou na usabilidade, a experiência do consumidor parece perfeita. Agora é hora de ter certeza de que tudo funcione para a SUA audiência. Teste o site usando testes A/B ou com multivariáveis para descobrir como seu público alvo reage às mudanças nas mensagens e calls to action. E lembre: você só tem ganhos reais no negócio se fizer tudo isso de forma estruturada, metódica e com medições precisas.

Via: PerformanceIn

foto: Leo Reynolds via Compfight cc

Compartilhe