Skip to main content
Tecnologia

4 desafios para a tecnologia no e-commerce

By 05/05/2015abril 6th, 2022No Comments
teclado com cartão de crédito, bandeira Visa - ecommerce

O último relatório da Econsultancy sobre a Tecnologia no E-Commerce tem boas notícias para os varejistas: os marketplaces estão amadurecendo e o custo das plataformas caindo. Entretanto, a demanda por serviços e soluções continua alta, o que significa que existe espaço para novas aplicações que ajudem os negócios a aumentar vendas, engajar mais seus clientes, reduzir custos e aumentar área de influência.

No relatório, feito pela Econsultancy e patrocinado pela Neoworks, o destaque são as integrações e funcionalidades do e-commerce, e como as empresas avaliam a performance de suas soluções para estas áreas.

O relatório se baseou numa pesquisa com mais de 600 empresas e agências e também estudou tendências de gastos, desafios e o uso de implementadores e integradores.

Os destaques da pesquisa:

62% das empresas preferem plataformas customizadas.

Em 2015, quase 2/3 das empresas preferem um pacote personalizado de soluções para resolver a tecnologia no seu e-commerce que outras soluções como aplicações (20%) e SaaS ondemand (15%).

A pesquisa revelou que as pequenas empresas tendem a usar soluções inovadoras enquanto as maiores tendem a investir em soluções personalizadas.

Quase ¾ (71%) das empresas na Grã Bretanha que lucram £ 50 milhões ou mais usam soluções customizadas, apenas 14% usam pacotes prontos, comparadas com uma em cada 5 (41%) de empresas com lucros abaixo de £ 1 milhão.

A função mais importante nas plataformas: mobile

Os varejistas reconhecem, em 2015, a necessidade de otimizar seus negócios para smartphones e tablets e o e-commerce neste tipo de aparelho é visto como crítico por 3 em cada cinco empresas (59%). Outros 39% consideram suporte a mobile como importante.

(Abaixo uma tabela com as funções mais importantes nas plataformas)

desafios para plataformas

As respostas repetem a tendência de 2014: busca afiada (54%), administração de produtos (53%) e sistema de gerenciamento de conteúdo (51%) continuam mais que importantes na lista dos varejistas. Estes aspectos, entretanto, foram superados pela necessidade de atender o mobile – que se tornou mais vital ainda com a mudança do algoritmo do Google.

Integração com sistemas atuais e legados é o grande desafio

Apesar das oportunidades, os varejistas ainda encontram muitos desafios ao escolher e adotar uma plataforma de e-commerce. A proporção destes que citam integração com sistemas atuais ou legados (44%) e construir uma experiência de compra personalizada (40%) aumentou muito pouco desde a última pesquisa.

Base de e-mails e CRM são os grandes desafios para integração

Para entender a extensão da integração, a Econsultancy perguntou quais são as áreas que estão integradas em suas plataformas de e-commerce.

Em 2014, o mais comum era integração com bases de e-mail e CRM. Há poucas empresas que conectam suas plataformas com sistemas antifraude (26%) e ERP (28%) – e os números mudaram muito pouco em 2015, para 30% e 27% respectivamente.

Nas agências, o grande destaque foi a integração com sistemas de estoque, que aumentou de 35% para 50%.

Foto: Fosforix via Compfightcc

Compartilhe