Skip to main content
Gestão

Ao invés de renovar por que não inovar em 2013?

By 23/01/2013abril 7th, 2022No Comments

Todo início de ano se torna um momento propício para renovar expectativas e fazer novos planos. Por isso, saia da rotina, experimente, arrisque colocar em prática antigas ideias que podem mudar não apenas o seu ano, mas sua vida.

Apesar de muito amplo, o conceito de inovação nada mais é do que deixar a zona de conforto na qual se encontra e arriscar, investir em novas ideias e sair da rotina. A maior dificuldade desse processo é a busca por algo que ainda não existe e é justamente esse fator que gera desconforto, para propor novas atitudes, ações ou produtos é preciso de dedicação e muito esforço.

O primeiro passo para quem deseja inovar é olhar para o seu próprio negócio de forma diferente. Toda e qualquer mudança requer observação, análise e se possível, uma pesquisa que pode ajudar a traçar novos planos de ação para cada mercado específico.

O próximo passo é entender a diferença entre renovar e inovar. Renovar é quando você pinta uma parede da sua casa que já existe, escolhe uma nova cor e textura. Inovar é quando você derruba essa parede, a constrói em outro lugar, com novas formas e consegue mudar completamente o ambiente do qual antes ela fazia parte.

Mas afinal, qual a importância de inovar? Considerando que as inovações são capazes de gerar vantagens competitivas a médio e longo prazo, inovar torna-se essencial para uma empresa se manter no mercado e conseguir alcançar novos espaços. Aqueles que buscam se reinventar saem na frente e têm vantagens sobre os demais. A inovação tem a capacidade de agregar valor a produtos e empresas, diferenciando-os, ainda que momentaneamente, no ambiente competitivo.

Quando analisamos as particularidades e o desenvolvimento dos estados do país, observamos que Minas Gerais detêm características próprias, conservadoras por natureza. As empresas mineiras são muito mais administradoras que empreendedoras e no processo de inovação o risco é um fator que se faz presente em todas as etapas do desenvolvimento do novo negócio ou produto.

Para alcançar o sucesso comercial e garantir que sua empresa permaneça no mercado, cada vez mais disputado, é preciso apostar num recomeço contínuo, se reinventar a cada dia. O ser humano quando fica mais velho geralmente perde o poder de ativação e a vontade de arriscar, de mudar. Por isso os jovens são mais empreendedores.

Atualmente, o negócio está oportuno em todos os sentidos, há uma demanda muito grande por novidades num mercado emergente que ainda precisa ser estudado e explorado. Outro ponto importante a ser ressaltado é que a inovação, além de permitir que as empresas acessem novos mercados e aumentem suas receitas, possibilita também a realização de novas parcerias, o que gera novos conhecimentos e aumenta o valor de uma marca. Para aqueles que têm e sempre tiveram boas ideias, mas que por algum motivo não as coloca em prática, fica a dica. Em 2013 ouse mais e não apenas renove, inove e saia na frente.

Por: Fred Rocha – CEO da FCriativos

Compartilhe