Skip to main content
GestãoVendas

Atuação em nicho específico se fortalece no e-commerce

By 15/04/2011abril 8th, 2022No Comments

Quando o e-commerce chegou ao mercado brasileiro, as lojas de varejo obtinham melhores resultados por conta da confiabilidade que transmitiam aos clientes ainda inseguros em comprar à distância. Anos depois, o setor se desenvolveu também para aqueles que enxergam dentro de um nicho específico a oportunidade para bons negócios. Entender as necessidades do público para o qual trabalha aumenta a margem de sucesso do lojista no ambiente virtual.

Parte da movimentação da economia brasileira (20%) é gerada pelos pequenos e médios empresários. E é justamente esse grupo o responsável pelo novo formato do e-commerce, que, inclusive, já atinge as empresas de maior expressão do varejo nacional – o principal conglomerado brasileiro de empresas varejistas viu o seu lucro encolher em 46%.

Ainda é possível vender com um lucro menor, dentro dessas próprias empresas, mas, à medida que o setor se consagra (em 2010, cinco milhões de pessoas se tornaram e-consumidoras), é maior o número de pessoas que decide investir em uma plataforma específica para negócios em comércio eletrônico, direcionando o produto para um público específico.

A JET e-Commerce traz em sua base de clientes, vários empreendedores que escolheram atuar para um público específico. Com roupas diferenciadas de estilistas reconhecidos nacional e internacionalmente, a e-closet tem um público fiel, que busca na loja virtual produtos que superem as expectativas do mundo da moda. Contar uma carteira de clientes selecionados dá ao lojista conhecimento sobre o que buscam os clientes, o que o torna especialista em determinado segmento.

Luiz Mario Lunardi, diretor geral da JET, acredita que o e-commerce está em movimento constante, em sintonia com o dinamismo que o setor vivencia, por isso, atuar em um só segmento dá a oportunidade de acompanhar de perto as mudanças do dia a dia. “A loja se mantém atual, uma qualidade indispensável para quem vive no e-commerce, e o cliente se sente à vontade para comprar frequentemente em uma loja que não só atende as necessidades, mas supera o esperado por ele”, opina.

Compartilhe