Skip to main content
OperaçãoTecnologia

Black Friday 2014: A JET se prepara para repetir o êxito do ano anterior

By 13/10/2014abril 7th, 2022No Comments

A Black Friday se aproxima e com ela, a preparação das lojas virtuais e suas plataformas em busca de um desempenho positivo e lucrativo. No ano passado, as mais de 300 lojas ativas da JET foram preparadas para suportar o tráfego gerado pela data: a infraestrutura foi triplicada para o dia.

A importância da preparação refletiu nos resultados. Em 2013 os clientes da JET alcançaram um volume 222% maior de pedidos realizados e um incremento de 200% no valor total transacionado na Black Friday comparado ao ano anterior.

Isto mostra como a preparação é necessária. Além de uma boa negociação antecipada com os fornecedores para conseguir aplicar bons preços, existem muitos outros pontos que exigem uma atenção especial, como preparação de estoque de produtos, destaques dos produtos com maiores descontos, regras claras e objetivas das promoções, organização funcional da loja, preparação da equipe para atender as dúvidas dos consumidores na pré e pós venda, e esforços dos departamentos de marketing e comercial para trazer um alto fluxo de clientes para a loja. É desta maneira que se pode esperar bons resultados, além de preaquecer a loja para as vendas de Natal, por isso a importância de um bom atendimento e relacionamento saudável com o cliente e o novo cliente.

Para 2014, a JET vai continuar deixando seus clientes tranquilos. “A plataforma e a infraestrutura já foram dimensionadas e estão prontas para suportar o volume esperado para este ano. Uma equipe especializada acompanhará a operação de ponta a ponta e estará de prontidão para apoiar o cliente no que for necessário”, reiterou Rodrigo Garcia, Diretor de Tecnologia da Informação da JET.

Black Friday em números

A data tem gerado, nos últimos anos, números expressivos em vendas. Para 2014 estima-se um superávit em relação ao ano anterior, quando foram contabilizados R$ 424 milhões, segundo dados da ClearSale, empresa especialista em prevenção à fraude no e-commerce. Com os números positivos de 26% de crescimento no primeiro semestre do ano, (de acordo com o E-bit), tudo indica que a Black Friday 2014 corresponderá às expectativas, já que em 2013, 42% dos consumidores online percebiam valor em realizar compras no período, enquanto a estimativa para 2014 é que essa porcentagem chegue a 76%, segundo a Alog, operadora de serviços de Data Center.

Nada de “Black Fraude” em 2014

A Black Friday 2013 foi foco de aproximadamente 8.500 reclamações das lojas que participaram da campanha, segundo o site Reclame Aqui. As queixas consistiam, além da instabilidade ou inacessibilidade das lojas, na alta dos preços dos produtos, que marcou a Black Friday brasileira como “Black Fraude”.

Para 2014, o site responsável pela Black Friday Brasil e a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criaram um código inédito de ética, no qual as lojas participantes se comprometerão a praticar descontos reais durante a promoção. O lojista que desrespeitar as regras será advertido, de acordo com a gravidade da infração. Para mais informações: www.camara-e.net/

Compartilhe