Skip to main content
Vendas

Como lucrar na Black Friday

By 19/11/2013abril 7th, 2022No Comments

Fabiano Cruz é responsável pela área de criação e novos negócios da Elo Digital, agência de publicidade com foco em inovação.

Co-fundador do Macromedia Flash User Group em São Paulo, ministrou palestras e web conferences difundindo as práticas de Flash, adquirindo expertise digital e empreendedora durante sua carreira para hoje liderar a criação de ações e experiência online para diversos players do e-commerce.

Em entrevista para a JET e-Commerce, fala sobre a importância da Black Friday para as vendas online e sugere diversas ações para que os lojistas lucrem e conquistem base sólida de novos clientes.

Veja aqui, no blog da JET.

 

1. Porque as lojas virtuais devem participar do Black Friday?

É uma oportunidade sazonal, próxima do 13º pagamento dos brasileiros, que a cada ano cresce e reforça sua longevidade no calendário promocional devido à proximidade do Natal com descontos atrativos e conveniência ao consumidor para logística em tempo para as festas de final de ano.

 

2. Quais ações promocionais os pequenos e médios lojistas online podem adotar para o Black Friday?

Aproveitar a oportunidade para oferecer uma landing page para oferta de descontos realmente atrativos, com cadastro para clusterizar ainda mais a base de clientes e atingir, de forma otimizada, os resultados de vendas com a oferta de produtos.

Implantar um planejamento de mídia mais adequado e aderir a campanha BlackFriday do Busca Descontos, que leva o nome da data, também é um marco de posicionamento da loja para estar junto neste grande diretório de marcas, ganhando confiabilidade ao consumidor final.

 

3. O que as lojas devem fazer para preparar a estrutura de acessos à loja, equipe, estoque, entre outros fatores que influenciam para atender a demanda?

Estamos falando de uma data única, mas é um grande “beta” para o Natal. Sendo assim, deve ser uma estrutura similar com o que se está planejando para o dia 25 de dezembro devido à movimentação que deve surgir com os esforços dos departamentos de marketing e comercial.

 

4. No caso de lojas virtuais ativas no canal físico, vale realizar uma campanha que integre o físico com o virtual?

O consumidor com os devices móveis e internet estão cada vez mais pesquisando antes de efetuar suas compras com o objetivo de encontrar os melhores preços. Portanto, se o lojista possui um canal físico, no mínimo ele deve adequar a precificação nas ofertas com as mesmas condições da operação online.

Contudo, independente da ação, é necessário que o consumidor tenha uma clareza real do preço antes do BlackFriday, para a percepção de vantagem e apresentação de idoneidade na operação completa.

 

5. Como manter os clientes que compraram na minha loja no Black Friday?

Pense que é como um relacionamento. Se você só chama a namorada para sair quando se sente sozinho, certamente o enlace não vai durar por muito tempo.

A estratégia da BlackFriday, como resultado de percepção do cliente, deve ser traçada para criar afinidade e conhecer mais o seu público, para que em próximas grandes datas o impacto de sua comunicação seja mais adequado e personalizado possível.

 

6. Suas estimativas para o dia mundial do desconto virtual.

Segundo levantamento realizado pela ClearSale, a Black Friday somou, somente no ano passado, R$217 milhões para o comércio eletrônico (mais do que o dobro do que foi finalizado no ano anterior, que apurou R$100 milhões). Se continuar nesta progressão, teremos o mesmo crescimento para 2013.

 

Conheça a Elo Digital: http://elodigital.cc/

 

Por: Camila Freitas – Assessoria de Imprensa JET e-Commerce 

Compartilhe